Terapia Ocupacional

Você sabe o que é Terapia Ocupacional?

Profissão da área da saúde que atua no fazer humano, com o objetivo de prevenir, manter, tratar, reabilitar e desenvolver novas habilidades e funcionalidades, em virtude, da demanda adquirida ou congênita, ocasionada por lesões diversas, síndromes e transtornos. Tal contexto, abarca dificuldades físicas, motoras, sensoriais, mentais, emocionais e/ou sociais, as quais prejudicam as atividades diárias e a participação na vida cotidiana.

A Terapia Ocupacional apresenta, assim, a condição de possibilitar a (re) inserção e a interação dos indivíduos com o ambiente e contextos nos quais eles vivem.

O profissional tem como foco proporcionar aos indivíduos a realização de seus desempenhos ocupacionais, em áreas diversas de sua vida, visando que eles alcancem maior independência e autonomia.

Quando falamos em bebês e crianças, as principais áreas relacionadas são: as Atividades de Vida Diária – AVD’s, a Educação, o Brincar, os Aspectos Cognitivos, Sensoriais, Motores e Relações Interpessoais, pois podem ser afetadas por razões diversas.

Na TO infantil, o brincar é realizado como recurso terapêutico para o enfrentamento de diferentes dificuldades e limitações. Para tal utilizamos estratégias, adaptações, estímulos sensoriais e integração, visando o desenvolvimento de habilidades e potencialidades.

Quando procurar ajuda de um TO?

Quando a criança apresentar dificuldades ou alterações nos seguintes aspectos:

Motricidade Grossa e Lateralidade: Falta de coordenação motora, de equilíbrio, coordenação motora bilateral, confunde movimentos de direita e esquerda e movimentos seqüenciados, dificuldade nas habilidades manuais como alcance, preensão, força, manipulação de objetos.

Motricidade Fina: Preensões de lápis, talheres, força reduzida na escrita, dificuldades em fazer desenhos, traçados, movimentos como abotoar, fechar o zíper, dominância manual indefinida, entre outros.

Brincar: Exploração inadequada dos brinquedos, necessidade de orientação continua de adultos para brincar, dificuldades de encaixar, empilhar, montar/desmontar.

Comportamento Sensorial: Reação hiposensível ou hipersensível a sons, toques, movimentos, texturas, busca constante de movimentos e dificuldade em lidar com mudanças.

Dificuldade de Aprendizagem: Apresenta dificuldade de se concentrar, de seguir instruções e completar um trabalho, se distrai facilmente e demonstra hiperatividade, baixo limiar de atenção e energia.

Treino de Atividades Básicas de Vida Diária:
Dependente para alimentação, higiene, banho, vestuário. Adaptações para uso de cadeira de rodas, cadeira de banho e mobiliário de posicionamento. Avaliação para uso de órtese para os membros superiores. Avaliação e indicação de adaptações para realizar AVD’s, atividades escolares e para brincar.

Diante do que foi exposto, reiteramos a importância da Terapia Ocupacional tanto como área de desenvolvimento quanto dinâmica auxiliar no processo de inserção e de inclusão do indivíduo na sociedade.

LOCALIZAÇÃO/CONTATO

Contato: 61 3245 11 60

Email: integrar@clinicaintegrarcognitiva.com.br

Endereço: SEPS 714/914 Sul Lt. 3 Bl. A - Ed. Porto Alegre Salas 01/309/311 - Brasília/DF